Lourrani Baas traz sustentabilidade à moda plus size

Nascida em Sapeaçu, no Recôncavo Baiano, Lourrani Baas iniciou sua luta contra a gordofobia na adolescência, quando os desafios para encontrar peças no seu manequim se tornaram frequentes. “Passei a utilizar a moda como agente transformador, na missão de fortalecer a beleza dos corpos reais. Acredito que vestir-se é um ato de sensibilidade e humanidade para vencer os padrões”, defende a estilista, selecionada para a segunda fase do #MovimentoELLE, projeto solidário idealizado pela ELLE e pensado para impulsionar o desenvolvimento sustentável entre pequenos empreendedores de moda.

Foto: Roberto Abreu

Sua marca homônima foi lançada em 2018, com foco na alfaiataria produzida sob demanda e voltada para mulheres gordas. “Trabalhamos com tecido plano e técnicas de moulage na alfaiataria, algo que poucas marcas plus size se arriscam a fazer pela complexidade do processo para alcançar um bom caimento”, explica Lourrani.

Além de ser uma porta-voz da luta pela pluralidade de corpos na moda, a designer está à frente de importantes debates sobre protagonismo feminino e sustentabilidade. “Acredito na construção de uma moda consciente para um futuro melhor e, neste aspecto, vejo a reutilização de resíduos têxteis como uma importante ferramenta para gerar impactos mais positivos.” É daí que surge o Liga Transforma, uma start up social fundada por Lourrani com o objetivo de produzir roupas com responsabilidade para corpos reais, impulsionando o empreendedorismo de mulheres em situação de vulnerabilidade.

Fotos: Rubem Thiago Silva Figueredo

A missão do negócio é articular com marcas, confecções, indústrias, fábricas e tecelagens a captação, por meio de doações, de resíduos têxteis (retalhos e peças usadas e/ou com avarias) para criar novos produtos de maneira sustentável e com informação de moda. “A partir disso, levantamos investimentos e apoio para a qualificação profissional de mulheres em situação de risco social, provocando transformações no auxílio da geração de renda.” A coleção mais recente, batizada de 7 Passos, traz blazers, calças e vestidos amplos em patchworks desenvolvidos com os materiais arrecadados e já está disponível na loja virtual da marca.

Com a participação no #MovimentoELLE, a estilista vê novas possibilidades de ampliar sua voz e fortalecer os negócios. “É uma grande honra ser notada por um veículo tão importante no meu segmento, especialmente diante das dificuldades que enfrentamos quando lidamos com moda sustentável e plural”, diz Lourrani. “Sinto que é um recomeço e uma forma de consolidar nossas bases e nossa cultura para que o trabalho que temos feito aqui no Nordeste ganhe mais visibilidade. Quero aproveitar essa oportunidade da melhor forma possível.”

O que é o #MovimentoELLE
O #MovimentoELLE é um projeto solidário idealizado pela ELLE e pensado para impulsionar o desenvolvimento sustentável entre pequenos empreendedores de moda.