O namoro entre as Kardashians e a moda registrado em seus reality shows

Em setembro passado, quando as irmãs Kim, Kourtney, Khloé, Kendall, Kylie Kardashian e a matriarca Kris Jenner anunciaram o fim da série Keeping up with the Kardashians, a Forbes estimou que a fortuna da família era de US$ 2 bilhões. Naquele ano, 20% da renda de Kim veio de suas aparições no reality show.

Errou então quem apostou que, com o fim da série, as Kardashians-Jenner fossem em busca de alguma privacidade. Na sequência do cancelamento de KUWTK, a família assinou um contrato milionário com a Disney para protagonizar uma nova série distribuída no mundo todo – segundo a Variety, o acordo estabelece salários iguais a todas as mulheres do clã.

O novo reality, The Kardashians, teve estreia mundial em 14.04, exibido no Brasil pelo Star +, serviço de streaming da Disney. Foi a maior audiência de um episódio de estreia do Hulu, plataforma que produz e exibe o programa nos EUA. Com programas inéditos às quintas, The Kardashians mostrou até agora Kim em processo de divórico de Kanye West e assombrada pela volta do vídeo íntimo dela, que vazou na internet em 2007; a segunda gravidez de Kylie, fruto de seu relacionamento com o rapper Travis Scott, e o romance de Kourtney com o baterista do Blink-182, Travis Barker. Khloé ainda circula na família com o pai de sua filha, o jogador de basquete Tristan Thompson, mas ao longo dos episódios vai descobrir que ele a traiu novamente.


The Kardashians | Trailer Oficial Legendado | Star+

www.youtube.com

Antes da estreia mundial, a família compareceu ao tapete vermelho do Goya Studios, no coração de Hollywood, para promover a série. Rapidamente, a imagem do clã correu o planeta. A matriarca Kris e a primogênita Kourtney foram de Valentino, Kim usou um vestido Thierry Mugler prata colado ao corpo, e Kylie, um branco de látex da grife francesa Coperni, a mesma das bolsas de vidro que se tornaram objeto de desejo.

A fama vinda dos 14 anos de exibições semanais na televisão transformaram o estilo da família, principalmente o de Kim, que ainda estabeleceu um novo (e inatingível) padrão de beleza. O clã lançou marcas próprias de roupas e maquiagem, que hoje compõem um império multibilionário, e popularizaram grifes europeias. A seguir, relembramos cinco capítulos do namoro entre as Kardashians e a moda, transmitido pelos seus reality shows:

Balenciaga da cabeça aos pés
Nos primeiros episódios do novo reality, Kim é convidada a comandar o Saturday night live. A equipe de gravação acompanha os bastidores de sua participação, mostrando como foi escrito o monólogo de abertura do humorístico. O convite do SNL também rendeu o namoro de Kim com o comediante Pete Davidson, que faz parte do elenco do programa. No SNL, ela chamou atenção pelo macacão fúcsia, colado ao corpo, criação de Demna Gvasalia, diretor criativo de Balenciaga, grife que ela veste em outras passagens do novo reality, como em sua visita à comediante Amy Schumer, que a ajuda a se preparar para o humorístico.


O vestido de Kim Kardashian no Met 2019, criado por Thierry Mugler

Foto: Mike Coppola/MG19/Getty Images


A parceria com Thierry Mugler
Kim usou um look do francês no Met Gala de 2019, um vestido com aspecto molhado que deixava sua cintura tal qual a de uma boneca Barbie. Em episódio de KUWTK, ela contou que fez várias viagens a Miami, onde o estilista morava, para lapidar a parceria entre os dois. Kim chamou atenção mais uma vez para o estilista, que marcou os anos 80 e 90, assim como Beyoncé. Em 2021, Mugler ganhou uma retrospectiva em Paris, poucos meses antes da sua morte, em janeiro deste ano.

Bota um cropped!
As roupas esportivas foram looks frequentes para as irmãs realçarem suas formas nos episódios de KUWTK. Aliás, uma das marcas mais valiosas da família, além da de maquiagem da caçula, Kylie Cosmetics, e a de moda inclusiva de Khloé, Good American – que ganha colaboração com a Zara em maio –, é a Skims, de Kim. A marca de shapewear, que ajudou a popularizar o segmento, deixou a influenciadora U$ 600 milhões mais rica, segundo a Forbes. No final do ano passado, fez parceria com a Fendi, com direito a muitas leggings, bodies e tops. A marca de Kim, assim como todos os empreendimentos das irmãs, foram sempre muito bem documentados por KUWTK.


Kim usando Balmain em 2014
Foto: Getty Images

Balmain: a family affair
Diretor criativo da Balmain, Olivier Rousteing é um queridinho da família Kardashian-Jenner e fez algumas participações em KUWTK. O então casal Kim e Kanye West chegou a protagonizar campanha da grife em 2014. Depois, foi a vez de Kylie se associar à Balmain, que lançou uma linha exclusiva de maquiagem com a Kylie Cosmetics. A parceria foi lançada em desfile da grife, na semana de moda parisiense, em 2019. A caçula, também diretora artística de maquiagem da apresentação, era esperada na plateia, mas não apareceu, como mostrou o KUWTK. Justificou sua ausência dizendo que teve que ser hospitalizada no dia do desfile.

Marido, pai e stylist
Em 2012, Kim começou a namorar Kanye West. Assim que a relação se tornou pública, Kanye passou a ser visto nos episódios de KUWTK. Em uma de suas participações, ele dá uma geral no guarda-roupa de Kim. Ela e suas irmãs foram garotas-propaganda informais para a Yeezy, a linha de Kanye para a Adidas, que vestiam no reality show. KUWTK mostrou desfiles da Yeezy, além de campanhas da marca estreladas por Kim, ajudando a transformar a linha em um negócio bilionário.


A parceria entre a Fendi e Skims

Reprodução/Instagram